A Nota Fiscal de Serviço eletrônica Nacional (NFS-e Nacional) é um projeto para controlar nacionalmente a NFS-e, que até o momento está sobre responsabilidade de cada prefeitura, isso fará com que a estrutura de todas as NFS-e’s emitidas sejam iguais, o que garante mais controle por parte do governo ao passo que pragmatiza a gestão destes arquivos para as empresas.

Atualmente o projeto de NFS-e Nacional se encontra em fase de testes em diversos municípios do país, segundo o contador Paulo Roberto Silva, este projeto terá uma boa adesão baseado no interesse de empresas e municípios.

 

Quais são as suas características?

A NFS-e, segundo o conceito definido pela Receita Federal, é um documento de existência apenas digital, gerado e armazenado eletronicamente, com a finalidade de documentar as operações de prestação de serviço, em que, cada NFS-e deve ser gerada através dos serviços informatizados disponibilizados pela secretaria municipal de finanças respectiva ao emitente.

Em geral, quando uma prefeitura for veicular NFS-e, a mesma abre uma licitação para que alguma Software House construa a sua infraestrutura, esse processo acaba tornando um pouco diferente a estrutura e o acesso aos documentos, e por vezes essas diferenças são identificadas entre várias prefeituras tornando enfadonho a gestão de NFS-e.

Em consequência disso, constata-se a necessidade de unificar o sistema assim como ocorre em NF-e e CT-e, dessa forma atendendo o interesse empresarial de um modelo aceito nacionalmente ao passo que reduz custos para as prefeituras, já que, não seria mais necessário manter um ambiente próprio com sistema autorizador, infraestrutura de TI e armazenamento.

E a gestão, como funciona?

Em virtude dos fatos mencionados, podemos afirmar que a NFS-e apresenta uma complexidade maior na sua gestão, e caso a fiscalização verifique a ausência de alguma nota a empresa poderá sofrer uma multa que gira em torno de R$ 1.000,00 (mil reais) por XML falante, sendo que para obter manualmente a NFS-e é preciso consultar e baixar cada nota através da prefeitura, considerando quando a mesma fornece este tipo de serviço.

Dito isso, a consulta e armazenamento do XML das notas se prova como sendo essencial para o bom andamento fiscal da empresa, por isso, a Dokfile desenvolveu uma solução que, através de uma plataforma online, consulta e armazena automaticamente todas as Notas Fiscais de Serviço emitidas contra a sua empresa, garantindo a segurança de não sofrer sustos com qualquer fiscalização que chegar de surpresa.

Fonte: Portal do Conselho Federal de Contabilidade (CFC)

Oferecemos 7 dias grátis para você experimentar o Dokfile Df-e.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *